OffTopic

Regulamentação das profissões da área de informática

Vocês sabiam que querem cobrar anuidade dos profissionais de informática?

Vocês sabiam que somente os profissionais formados nos seguintes cursos poderão ser regulamentados:

– Análise de Sistemas

– Ciência da Computação

– Processamento de Dados

Se sua resposta for não então é melhor dar uma lida neste blog.

Leitura Recomendada!!!!!!

21 Comments

  1. Regulamentar.
    Nós não estudamos 4 anos a toa. Nem fazemos mestrados nem doutorados a toa.

  2. Nao concordo de forma alguma, regulamentar vai só atrasar nossa informatica, pois diploma não mostra competência de nenhum profissional.
    Se fosse ao menus algum tipo de prova pra qualificar o profissional, ai sim seria uma solução menus pior.
    Aqui na minha cidade anapolis-go, a maioria das pessoas que conheço que fizeram uma faculdade de algo ligado a informatica, sairam de lá sem saber programar e aprenderam a programar por fora.
    vlw

  3. Acho que esse projeto especificamente tem muitas falhas para a regulamentação, mas penso que a profissão deve ser regulamentada COM CERTEZA. Talvez o melhor fosse um outro projeto de lei mais bem acabado.
    Apenas um adendo ao comentário do Daniel. Faculdade de programação não é igual a “saber programar”. Essa é uma das muitas visões erradas que as pessoas têm dos cursos de computação. Eles vão muito além de programação, e é isso que infelizmente vários cursos de fundo de quintal (“pagou passou”) não contemplam.

  4. Q vergonha esse post!!!
    se o PL nao presta o negocio é pressionar por outro

    agora o “mote” da anuidade é uma baixaria total

    vcs tem q comecar a se valorizar,
    qualquer zé mané diz que é técnico e programador e queima todo mundo

    e bons profissionais tb sao explorados até o osso

    sou totalmente a favor da regulamentacao para valorizar a profissao e proteger a sociedade de mals profissionais

    acordem!!!!

  5. Digo SIM a regulamentação da profissão..

    Sem esta, fico sendo comparado a 500 mil profissionais de fundo de quintal que acham que sabem o que estão fazendo, mas na verdade só denigrem a profissão..

  6. Olás,

    Que fique claro que não sou contra a regulamentação da nossa profissão. Sou contra somente 3 cursos serem regulamentados.

    Como ficam os profissionais formados em cusos de graduação tecnológica, sistemas de informação e outros.

    Minha preocupação é somente está.

    Abraço a todos.

  7. Infelizmente a SBC não faz nada para regulamentar as profissões de informática. Sempre foi contrária, isso porque a maioria dos que estão lá no comando não são da área da computação. Por essas e outras que eu não sou mais filiado e inclusive já mandei e-mail para eles dizendo que só volto a me filiar quando mudarem essa posição. Apago todos os anos os e-mails deles com pedido para me filiar novamente. Não posso me filiar a uma entidade que vai completamente contra os interesses da minha profissão.

  8. Sem esta, fico sendo comparado a 500 mil profissionais de fundo de quintal que acham que sabem o que estão fazendo, mas na verdade só denigrem a profissão..
    CONCORDO COM VC !!!!!!!!!!! JA DEVIA TER FEITO ISSO FAZ TEMPOOOOOOOOOOO …!!!!!!!!!!!!!

  9. Claro que sou a favor. Assim como os médicos, engenheiros, dentistas, veterinarios e etc. os ‘informatas’ também devem ser regularizados.

  10. Digo SIM a REGULAMENTAÇÂO, só com a categoria bem definida será possível fazer piso mínimo SALARIAL com força de LEI e não de ACORDOS COLETIVOS.

  11. Pessoal,

    Se esse projeto de Lei for aprovado, acho difícil tirarem a cobrança de anuidade. Basta observar como funcionam conselhos desse tipo no Brasil . O CREA (Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura) faz esse tipo de cobrança. O pior de tudo é que, na prática, esses conselhos mais atrapalham que ajudam. Pra cada ART (Anotação de responsabilidade técnica) que um engenheiro e/ou arquiteto tem que assinar, uma cobrança é feita do CREA. E na hora que precisamos deles… é uma dificuldade.

    Sinceramente, nem sei se é bom ou ruim a criação desse conselho para a informática. Por um lado, não tem a profissão regulamentada dá margem a muitas pessoas exercerem sua profissão, por outro, esses conselhos são geralmente muito “politizados” e fazem pouco pelos profissionais da área aqui no Brasil.

    Uma coisa é certa, deixar de cobrar uma anuidade, isso eles não vão deixar.

  12. MARIO MEYER

    Sem essa, fico sendo comparado a 500 mil profissionais de fundo de quintal que acham que sabem o que estão fazendo, mas na verdade só denigrem a profissão.

    marco_piracicaba

    Não sei de onde tirou este número, mas, já parou para pensar quantos destes são formados?

    Exatamente, formados e incompetentes.

    Após a regulamentação esta comparação estará oficializada.

    *********************************
    MILTON
    Faculdade de programação não é igual a saber programar.

    Estranho.

    Por que nos países desenvolvidos não pensam como você?

    Por que lá não existe esta tal regulamentação e tudo funciona muito bem?

    Já parou para pensar na quantidade de aplicativos por você usado, cuja origem é desses paises?

    ****************************************
    PENGUIN
    Como ficam os prifissionais formados em curso de graduação tecnológica, sistema de informação e outros.

    Como ficam estes mesmo profissionais em outros países, onde esta regulamentação não existe?

    ***************************************

  13. Um outro fato interessante:

    Quem daqui, quando adquire um aplicativo na net, questiona se o desenvolvedor tem ou não diploma?

    Quem questiona se o desenvolvedor é brasileiro, chines, indiano, africano…?

    Após a regulamentação (se vingar), muitos “não diplomados” continuarão a desenvolver seus aplicativos, venderão através de sites internacionais e continuarão como hoje, oferecendo suporte técnico via internet.

  14. Sou totalmente a favor da regulamentação dos profissionais da área, não estudei 4 anos a toa, não aprendi nas “coxas” como existem muitos técnicos por ai, pois para mim quem é a favor da não regulamentação não é um profissional sério, pois se fosse estaria estudando ou já seria formado na área, ser um profissional não consiste em saber apenas programar, pois quem é graduado sabe muito bem do que estou falando, estou fazendo pós-graduação em Desenvolvimento de Sistemas Web – Mbis, e no ínicio de 2012 estarei iniciando o meu mestrado e logo após isso se Deus quiser será o doutorado, quem não é graduado tem a noção do que seja isso, com certeza não!!!, vcs gostariam de serem operados por uma pessoa que tem apenas conhecimentos superficiais de medicina???, entenderam o que eu quis dizer né??

    1. Sou totalmente a favor da regulamentação dos profissionais da área, não estudei 4 anos a toa, não aprendi nas “coxas” como existem muitos técnicos por ai, pois para mim quem é a favor da não regulamentação não é um profissional sério, pois se fosse estaria estudando ou já seria formado na área, ser um profissional não consiste em saber apenas programar, pois quem é graduado sabe muito bem do que estou falando, estou fazendo pós-graduação em Desenvolvimento de Sistemas Web – Mbis, e no ínicio de 2012 estarei iniciando o meu mestrado e logo após isso se Deus quiser será o doutorado, quem não é graduado tem a noção do que seja isso??, com certeza não!!!, vcs gostariam de serem operados por uma pessoa que tem apenas conhecimentos superficiais de medicina???, entenderam o que eu quis dizer né??

Comments are closed.